Logo Cnj 
Logo Cnj 
Portuguese English Spanish
 

MPF participa da apresentação do Plano de Contingência do Pinheiro, em Maceió (AL)

Documento foi atualizado e detalha atuação para ações preventivas e também em caso de desastre

Foto:Marco Antônio/Secom Maceió

Foto:Marco Antônio/Secom Maceió

O Ministério Público Federal participou, na manhã da última quarta-feira (17), da apresentação atualizada do Plano de Contingência de Proteção e Defesa Civil (Compdec) dos bairros Bebedouro, Mutange e Pinheiro, em Maceió (AL). Órgão esteve representado pela procuradora da República Roberta Bomfim.

O documento, com cerca de 100 páginas, foi elaborado pela Defesa Civil de Maceió com a participação das defesas civis Estadual e Nacional, e detalha a atuação de órgãos, instituições e empresas na preparação, no monitoramento e nas respostas em ações preventivas e também em caso de desastre. O Plano atualizado tem validade até o dia 30 deste mês, data prevista para a divulgação do relatório parcial das análises realizadas pelo Serviço Geológico do Brasil (CPRM). 

O que muda é a localização de alguns dos pontos de apoio em caso de evacuação dos bairros. Agora, também são pontos de encontro o ginásio de esportes Tenente Madalena, no Bom Parto, e a sede do Sindicato dos Trabalhadores da Educação (Sinteal), no Mutange. Continuam como pontos a Praça Lucena Maranhão, em Bebedouro; o Cepa, no Farol; e a Praça Joaquim Marques Luz, no Sanatório, onde fica o Terminal do Sanatório. De lá, os moradores embarcarão em ônibus em direção ao Ginásio Fernando Collor (Ginásio do Sesi), no Trapiche, local definido como abrigo temporário.

No decorrer da apresentação, a Defesa Civil do município destacou que a evacuação das áreas afetadas se dará a partir do monitoramento e previsão de chuvas no volume entre 30 e 40 mm no período de uma hora, conforme definido pela CPRM, após provocação do MPF.

Na ocasião, Roberta Bomfim destacou a importância de o sistema de Defesa Civil do Município funcionar de forma integrada, com todas as secretarias engajadas e colaborando nas atividades que lhe são próprias. “O Ministério Público Federal entende como necessária a integração, considerando que a Defesa Civil é um sistema composto por todos esses órgãos aqui presentes. Cada um contribui com suas especialidades. É um trabalho que deve continuar”, disse a procuradora.

Saiba mais sobre a atuação do MPF no Caso Pinheiro

Assessoria de Comunicação Social
Ministério Público Federal em Alagoas
(82) 2121-1485/9.9117.4361
Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
twitter.com/mpf_al

Atendimento ao cidadão em Arapiraca
(82) 3529-9500

 
Fonte: Ministério Público Federal

     

SENP, Quadra 514 Norte,
Lote 9, Bloco D
Brásilia - DF, 70760-544

 

  • (61) 2326-5000

SAFS, Quadra 2 Lote 3
Edificio Adail Belmonte
Brásilia - DF, 70070-600

  • (61) 3366-9100