Logo Cnj 
Logo Cnj 
Portuguese English Spanish
 

Sede do MP em Santa Maria e da Cruz Vermelha atenderão sobreviventes e familiares de vítimas

Marcelo Dornelles colocou estrutura do MP à disposição Marcelo Dornelles colocou estrutura do MP à disposição

As sedes do Ministério Público em Santa Maria (Rua Alameda Montevidéu, 253) e da Cruz Vermelha Filial RS em Porto Alegre (Av. Independência 933) servirão de centrais de atendimento a sobreviventes e familiares de vítimas fatais da tragédia em Santa Maria, que resultou em 231 pessoas mortas, conforme números atualizados, durante incêndio que atingiu a Boate Kiss na madrugada do domingo. A definição ocorreu durante reunião na sede da Cruz Vermelha, na Capital, na manhã desta segunda-feira, 28, que contou com a participação do Subprocurador-Geral de Justiça para Assuntos Institucionais, Marcelo Dornelles.

“Nosso principal objetivo é o atendimento durante o que classificamos como a ‘segunda onda de choque’, que é o sofrimento que aparece e perdura por muito tempo após tragédias como essa”, destaca o Presidente da Cruz Vermelha RS, Manoel Garcia Jr. Para isso, Médicos Psiquiatras, Psicólogos e Assistentes Sociais deverão estar à disposição na sede do MP em Santa Maria e da Cruz Vermelha em Porto Alegre, prestando atendimento de apoio aos que necessitarem.

Durante o encontro, o Subprocurador Institucional destacou que toda a estrutura do Ministério Público gaúcho está à disposição para auxiliar no que for necessário. Ele relatou aos presentes que, tão logo o Procurador-Geral de Justiça, Eduardo de Lima Veiga, tomou conhecimento da tragédia, se deslocou para Santa Maria para prestar solidariedade à comunidade local. “Todos estamos enlutados com essa tragédia e mobilizados para ajudar quem necessitar de nosso auxílio”, disse Marcelo Dornelles. Ele também explicou que, em outra frente, os Promotores de Justiça de Santa Maria acompanham as investigações e aguardam a conclusão do inquérito policial sobre o ocorrido na Boate Kiss.

Na reunião desta manhã, outras providências também foram anunciadas, como a emissão de uma nota técnica ainda nesta segunda-feira que possa servir de apoio aos profissionais que já prestam atendimento de caráter psiquiátrico e psicológico aos sobreviventes e familiares de vítimas da tragédia de Santa Maria. “Nossa preocupação é que os pacientes tenham o melhor atendimento possível e que não recebam medicação inadequada”, ressalta Manoel Garcia Jr., que é Médico Psiquiatra.

Também participaram do encontro na sede da Cruz Vermelha o Ten. Cel. Edison Rangel, da Assessoria de Segurança Institucional do MP; a Coordenadora do Serviço Biomédico do MP, Natália Benites Rosito; e representantes do Centro de Estudos e Pesquisa sobre Desastres da UFRGS; Associação Brasileira de Psiquiatria; Departamento de Psiquiatria da PUCRS; Comitê da Psicologia da Saúde e Hospitalar; Sindicato Médico do Rio Grande do Sul (Simers); Instituto Geral de Perícias (IGP); Sociedade de Psicologia do RS; Fórum Social Temático e AB Clínica de Psicologia e Apoio ao Luto, entre outros.

 

Encontro ocorreu na sede da Cruz Vermelha
Encontro ocorreu na sede da Cruz Vermelha
 
 
Ações foram definidas na reunião
Ações foram definidas na reunião
 
 
Ten. Cel. Rangel, Marcelo Dornelles e Manoel Garcia Jr.
Ten. Cel. Rangel, Marcelo Dornelles e Manoel Garcia Jr.
 
 
Fonte: MPRS

     

SENP, Quadra 514 Norte,
Lote 9, Bloco D
Brásilia - DF, 70760-544

 

  • (61) 2326-5000

SAFS, Quadra 2 Lote 3
Edificio Adail Belmonte
Brásilia - DF, 70070-600

  • (61) 3366-9100